terça-feira, 2 de junho de 2009

Retarde o envelhecimento facial e o bigode chinês

A idade precisa estar estampada no rosto?
Não necessariamente. Com um programa preventivo e condições genéticas favoráveis, algumas pessoas podem ter uma aparência até dez anos mais jovem do que a sua idade cronológica.
O contrário também acontece com freqüência. Mulheres que, na faixa dos 25 anos, tem uma aparência de 40.
Não pela flacidez muscular do rosto, mas pelo aspecto da derme, que se mostrava sem viço, com poros dilatados e vincos ao redor dos olhos e na região do nariz.


Como em tantas outras áreas da medicina, quem não se cuida como deve enquanto é jovem pode ganhar um rosto envelhecido antes da hora.
A princípio, ninguém deve se basear no calendário para adotar um programa antienvelhecimento, pois os cuidados com a pele dependem do seu aspecto e não da idade cronológica. Como regra geral, o médico recomenda o início de um ritual de cuidados diários entre os 25-30 anos.
Pessoas de pele clara ou que tomam muito sol devem começar a pensar no assunto mais cedo.


A pele envelhece de duas formas diferentes.
O primeiro tipo de envelhecimento é o intrínseco, provocado por alterações clínicas e fisiológicas da derme.
Elas acontecem gradual e lentamente, influenciadas por fatores como genética, doenças e estresse.

Também existe o chamado envelhecimento extrínseco, que, como o nome sugere, é desencadeado por agentes externos.
Nesse caso, o principal vilão é o sol. Estima-se que 90% dos sinais associados ao envelhecimento, como rugas e flacidez, são causados pela exposição solar.



Cuidando da pele do rosto


A primeira recomendação para prevenir o envelhecimento do rosto é usar protetor solar diariamente, sobretudo no rosto, no colo e nas mãos, áreas mais expostas. Esse hábito deve ser iniciado o quanto antes, pois os efeitos nocivos da radiação solar são cumulativos. O dermatologista é o profissional mais indicado para prescrever o melhor produto.


Hábitos saudáveis podem e devem ser incorporados a esta proposta de antienvelhecimento.

Primeiro deles: se você é fumante, procure largar o cigarro. Isso porque, depois do sol, ele é o pior inimigo da pele. Estudos mostram que a nicotina destrói as fibras de colágeno e elastina, os níveis de vitamina A e a oxigenação do sangue.
Com isso, causa rugas, aumenta a produção de radicais livres e dificulta a cicatrização de cirurugias.
Além de largar o cigarro, é preciso apostar também numa alimentação rica em vitaminas, proteínas e fibras, que fortalecem o organismo e ajudam a prevenir a formação dos radicais livres.
Praticar exercícios físicos, combater o estresse e garantir ao menos oito horas de sono também são atitudes pró-juventude.



O fim do bigode chinês
As rugas nas laterais da boca, o famoso bigode chinês, queixa comum das mulheres na faixa dos 30 têm a ver com a perda da hidratação e da elasticidade naturais da pele.
Uma solução para o problema é preenchê-las com a aplicação da própria gordura da paciente, retirada de alguma parte do corpo com pequeno acúmulo de gordura, como a região medial dos joelhos.
O emprego de gordura da própria paciente tem como vantagem um menor custo e a inexistência de reações adversas, uma vez que é um material do próprio organismo.


O primeiro passo para eliminar o bigode chinês é aplicar a anestesia tópica, com a aplicação de pomadas anestésicas.

Como costuma provocar inchaço, o melhor é evitar a anestesia no local a ser preenchido, assim não há perda do parâmetro original da face.

Normalmente são feitas três picadas de cada lado, desde a lateral do nariz até o canto da boca e, dependendo da profundidade do sulco, a gordura da paciente é introduzida mais superficial ou profundamente.

Além de suavizar as rugas, a substância estimula a produção de fibras colágenas e contribui para melhorar a textura e vitalidade da pele.


A duração do procedimento fica em torno de 20 minutos entre limpeza da face e injeções. A gordura é absorvível pelo organismo, portanto o processo deve ser refeito em aproximadamente um ano. Mas isso depende do estado da pele da mulher. Quanto mais bem cuidada e nutrida a pele, maior a duração do enxerto de gordura.


Fonte:
Por Ruben Penteado - Cirurgia plástica

2 comentários:

Cucchiaio pieno disse...

Querida Anna, usar protetor solar para mim é lei - nao saiu de casa sem! Bjos
Léia

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Muito bom o seu post!!

bjsssss