segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Kibe de Abóbora

KIBE DE ABÓBORA ( Esqueci de tirar foto, depois mostro)



Ingredientes

1 xícara chá de trigo em grãos
1kg de abóbora ( ou moranga)
1 cebola (ralada)
3 colheres ( sopa) de farinha de trigo
sal a gosto
molho de pimenta a gosto
1 xícara (chá) de cheiro verde (picado) , às vezes uso cebolinha também
2 colheres ( sopa) de hortelã (picaddo)
2 ovos


Recheio

2 xícaras de chá de ricota fresca amassada

1 colher de sopa de cheiro verde picado

sal a gosto

3 colheres de sopa de queijo tipo mineiro ralado ( eu gosto muito da ricota seca apimentada)



Modo de Fazer

Deixe o trigo de molho de véspera.Esprema bem para tirar a água.Passei para uma vasilha e mistgure todos os ingredientes amassando muito bem.Unte uma assadeira média com óleo(eu uso margarina light).Divida a massa ao meio.Reserve.

Misture bem todos os ingredientes do recheio acomode metade da massa na fôrma e espalhe o recheio.Cubra com o restante da massa. Leve para assar em forno prë-aquecido por 25 minutos a temperatura de 180 0C.


CEREAIS

TRIGO EM GRÃO é utilizado no preparo de saladas e sopas.Contém fibras insolúveis que ajudam a tratar a constipação, que está associada a um risco elevado de cálculo biliar, problemas diverticulares e câncer de intestino.Sendo o trigo rico em carboidratos complexos, sua digestão é lenta nos dando sensação de saciedade por mais tempo.Também possui ácido glutâmico, que acentua a inteligência, a criatividade e o raciocínio.


MODO DE USAR: Pode ser usado como salada, colocado em sopas ou usado como arroz.
Comercializamos o TRIGO EM GRÃO em embalagens de 500 g e a granel.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Receitas com quinua




Quinoa com Arroz Selvagem e Aveia em Grãos
Fonte

Rendimento: 4 porções

100 gr de quinoa em grãos cozida(s)85 gr de arroz selvagem cozido(s)90 gr de grão de aveia cozido(s)40 gr de cenoura em cubos pequenos75 gr de zuchine em cubos pequenos60 gr de alho-poró em cubos pequenos30 gr de cebolinha verde em fatias finas30 ml de azeite2 gr de sal grosso.

Cozinhe os grãos separadamente em água com sal grosso e em seguida escorra e reserve (a quinoa deve ser cozida por 14 minutos, o arroz selvagem por 9 minutos e o grão de aveia por 15 minutos). Aqueça o azeite em uma panela e refogue os vegetais em fogo brando por aproximadamente 1 minuto. Em seguida acrescente os grãos e refogue por mais 1 minuto só para aquecer os grãos. Monte a salada no centro do prato com o apoio de um aro


QUINUA PURA

Colocar em uma panela: 2 medidas de água para cada medida de Quinua Adicionar sal a gosto e levar ao fogo por 10 a 15 minutos até que dobre o seu volume. A Quinua Real cozida pode ser guardada na geladeira por até três dias * Sirva com o molho ou tempero de sua preferência.

RISOTO DE QUINUA COM TOMATE E QUEIJO BRANCO
350gr de Quinua 1 Cebola 4 Tomates 200 ml vinho branco 600 ml caldo de vegetais biosun 250gr de espinafre

Modo de Preparo: Cortar a cebola em fatias finas e refoga-las em água até ficarem transparentes. Juntar a QUINUA e esquentar até que os grãos absorvam todo o líquido. Juntar os tomates descascados e picados, juntar o vinho e cozinhar em temperatura media até que a QUINUA absorva todo o liquido. Juntar o caldo de vegetais aos poucos e cozinhar em fogo baixo. Lavar o espinafre e juntar com alho, cozinhar suavemente até que o líquido evapore. Juntar o espinafre com o risoto de QUINUA Temperar com sal, pimenta e noz moscada. 150gr de queijo branco ou queijo de cabra ralado ou parmesão de boa qualidade, salpicar no risoto pronto e servir.

TABULE DOS INCAS (4 porções)
200gr de Quinua 2 cenouras 200gr de pepino 1 cebola 1 pimenta vermelha cebolinha azeite de oliva virgem extra
Modo de preparo: Limpar, escorrer e colocar para cozinhar a Quinua em duas medidas de água fria, com sal, fogo baixo e panela tampada por 10 ou 15 minutos. Cozinhar as cenouras e a pimenta vermelha em picada durante 3 minutos. Misturar a cebola ralada com azeite, juntar com a Quinua e misturar bem, acrescentar as verduras, e decorar com as cebolinhas cortadas.

SOPA CREMOSA DE QUINUA E COGUMELOS
1 copo de vinho branco 1 cebola picadinha 1 xícara de QUINUA cozida 1 pacote de cogumelos frescos _ xícara de leite evaporado ou ideal _ xícara de dill fresco picadinho 3 copos de caldo de legumes sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo: Refogue a cebola com vinho até ficar macia, acrescente os cogumelos na panela e deixe cozinhar por 5 min. Adicione a QUINUA e o caldo e leve ao fogo baixo. Coloque o sal e a pimenta e vá acrescentando o leite. Por último coloque o dill e sirva.

SAINT PIERRE COM QUINUA LIMÃO E SÁLVIA
4 filés de peixe Saint Pierre limpos sal e pimenta do reino a gosto 750 ml de água 300g de QUINUA suco de 1 limão 15g de sálvia 120g de ervas finas 1 colher de sobremesa de azeite de oliva
Modo de preparo: Coloque a QUINUA na água e deixe cozinhar por 10 min, tire do fogo acrescente uma colher de sobremesa de azeite de oliva. Reserve. Tempere os files de peixe com sal, pimenta do reino, ervas e limão, deixe descansar por 20 min. Coloque os filés em uma frigideira anti aderente e grelhe. Arrume a QUINUA em baixo e coloque os peixes por cima, enfeite com sálvia.

PUDIM DE QUINUA
2 xícaras de QUINUA cozida (preparada) 3 xícaras de leite de soja xícara de açúcar de merara 3 ovos xícara de amêndoa colher de chá de canela colher de sobremesa de suco de limão 1 colher de óleo de girassol 1 colher de chá de baunilha xícara de coco ralado
Modo de preparo: Junte todos os ingredientes, coloque em uma forma untada e leve ao forno médio por 45 min.

QUINUA COM TOFU E ASPARGUS
1 colher de chá de azeite de oliva 2 colheres de chá de alho picado 1 xícara de cebola picadinha 1 xícara de QUINUA 1 xícara de tomate seco 3 colheres de sopa de suco de limão 1 tb. caldo de vegetal natural (biosun) Pimenta do reino à gosto 1 colher de chá de pimenta do reino 1 xícara de castanha de caju torrada 200g de tofu picado 4 talos de aspargos cozidos

Modo de preparo:
Coloque o tomate seco com um pouco de água, o alho e a cebola no fogo, deixe cozinhar por alguns minutos. Acrescente a QUINUA, o suco de limão, o caldo de vegetal com dois copos de água, a pimenta e o tofu. Tampe e deixe no fogo brando por 15 minutos. Pique os aspargos, coloque por cima e cozinhe por mais 5 minutos. Salpique as castanhas de caju e sirva.

QUINUA COM AMÊNDOA E DAMASCO
1 xícara de água 1 xícara de amêndoas picadas 1 xícara de damasco picadinho 1 colher de chá de canela 1 colher de chá de açafrão sal a gosto

Modo de preparo: Coloque a água no fogo até que ela ferva, acrescente a QUINUA, sal, canela e açafrnao. Deixe cozinhar por 15 minutos, retire-a do fogo e espere alguns minutos até ela secar. Acrescente o damasco picado e as amêndoas, misture bem e sirva.

SALADA DE QUINUA COM TOMATE CEREJA, QUEIJO DE CABRA E MANJERICÃO - 2 pessoas
1 xícara de quinua cozida por 15 minutos com uma pitada de sal. Reservar na geladeira até esfriar 8 unidades de tomate cereja cortados em quatro 1 xícara de manjericão (folhas frescas) 150 ml de azeite extra virgem 5 unidades de nozes, sem casca 50 gr de queijo de cabra fresco em cubos Sal a gosto Pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de preparo:
Bater no liquidificador o manjericão, nozes e azeite até obter uma pasta homogênea. Temperar o manjericão com sal e pimenta a gosto. Misturar a Quinua com; tomates cerejas, queijo de cabra em cubos e o manjericão a gosto.Retirar o tempero, se necessário e servir a salada fria decorando-a com algumas folhas de manjericão.

SALADA DE QUINUA CAMARÃO
2 xícaras de quinua cozida 1 xícara de pepino cortado em cubos com casca 1/2 xícara de pimentão vermelho cortado em quadrados 1 alface americana cortada 1 colher de sopa de salsinha picada 30 camarões rosa cozidos e cortados ao meio 4 colheres de azeite de oliva De 1 a 2 colheres de sopa de shoyu

Modo de preparo: Misturar, temperar e servir

SOPA DE QUINUA COM LENTILHAS - 4 pessoas
2 colheres de sopa de óleo de oliva 1 cebola grande cortada 2 dentes de alho picado 2 talos de salsão cortados 1 cenoura grande picada 2 litros de caldo de sua preferência 150 ml de vinho branco 1 xícara de lentilhas já cozidas 1 xícara de quinua já cozidas com vinho branco
Modo de preparo: Refogue a cebola, o alho, salsão e a cenoura no azeite. Acrescente o caldo e deixe cozinhar até que os legumes estejam macios. Adicione a lentilha e deixe encorpar. Coloque sal e a quinua já cozidas com vinho branco. Desligue o fogo e sirva.

SOPA DE TOMATE COM QUINUA
2 litros de caldo de peixe, carne ou galinha 2 cebolas médias cortadas 1 dente de alho amassado 4 xícaras de tomates maduros sem pele e sem sementes (já cortados em cubos) 2 xícaras de quinua 2 talos de salsão cortados 2 colheres de óleo 1 colher de sopa de orégano fresco Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela colocar o óleo, dourar o alho e a cebola. Acrescentar os tomates e o salsão. Deixar cozinhar por 7 ou 10 minutos e acrescentar o caldo de sua preferência. Coloque pimenta, orégano e o sal. Deixar até que o tomate se desfaça e por ultimo acrescente a quinua já cozida e desligue o fogo. Sirva bem quente, com queijo parmesão ralado ou creme de leite fresco batido no liquidificador ligeiramente.

TABULE DE QUINUA - 4 pessoas
2 xícaras de quinua cozida e fria 4 tomates sem sementes cortados em pedacinhos 1/2 xícara de salsa picada 1/4 xícara de folhas de hortelã picada 4 colheres de sopa de azeite de oliva 2 colheres de sopa de suco de limão Sal a gosto

Modo de preparo: Misturar todos os ingredientes e deixar na geladeira por 2 horas. Antes de Servir temperar com azeite e limão. Sal a gosto.

TOMATES RECHEADOS COM QUINUA
Entradas
8 tomates maduros grandes 1 xícara de quinua cozida 1 cebola cortadinha 1 dente de alho 1 cenoura ralada (talo grosso) Sal e pimenta do reino 60 gramas de queijo Gruyere

Modo de preparo:
Lavar os tomates, retirar as sementes sem cortá-los ao meio só a tampa. Refogar a cebola o alho e a cenoura. Acrescentar a quinua o queijo Gruyere em pedaços, o sal e a pimenta. Desligar o fogo e rechear os Tomates e polvilhar com queijo parmesão. Levar ao forno 180 °C durante 20 minutos.
Fonte:


Mais Receitas





INGREDIENTES- http://receitaculo.com/receitas/206/
2 xícaras de quinoa
1 unidade de vidro de palmito em conserva
1 colher de sobremesa de azeite de oliva (para refogar)
1 parte de cebola pequena (picada em cubos pequenos)
1.5 xícaras de água quente
sal a gosto
2 colheres de sopa de creme de leite fresco
queijo parmesão (compre um pedaço e rale na hora) a gosto
1 colher de sopa de manteiga

PASSO A PASSO
Refogue a cebola no azeite até murchar
Adicione a Quinoa e misture bem.
Coloque a água da conserva do palmito.Dica: Quem tiver com uma garrafa de vinho branco seco aberta pode tbém colocar 1/2 taça neste momento.
Adicione o sal.
Aos poucos adicione a água quente. A quinoa vai quadruplicar o seu tamanho e quando estiver cozida terá a consistência do arroz cozido.
Adicione o palmito cortado em rodelas e desligue o fogo.
No final coloque a manteiga para dar brilho e o creme de leite para criar a cremosidade. Sirva com parmesão ralado.
SUGESTÕES, ACOMPANHAMENTOS, DICAS E ETC
Salada de folhas verdes com molho a base de azeite.Quem não encontrar quinoa, não fique triste! Pode fazer com arroz arbório que fica muito bom!


Risoto de quinua - http://www.culinaria-receitas.com.br/arroz/risoto-de-quinoa.html
Por Isabel Cristina
Ingredientes
2 colheres (sopa) de óleo
1 cebola pequena ralada
2 dentes de alho picados
1 xícara (chá) de quinoa real
1 cenoura pequena ralada
1 abobrinha pequena ralada
2 cubos de caldo de legumes
4 xícaras (chá) de água quente
Sal e salsa picada à gosto
50grs de queijo parmesão ralado
Modo de preparo
Em uma panela, leve ao fogo médio o óleo e refogue a cebola e o alho até murchar.
Adicione a quinoa, os legumes e refogue por 5 minutos.
Adicione o caldo de legumes dissolvido na água quente, abaixe o fogo, tempere com sal, tampe a panela e cozinhe por 20 minutos ou até secar a água.
Desligue o fogo e deixe descansar por 5 minutos com a panela tampada.
Adicione a salsa, o parmesão, misture e sirva em seguida.




Dica

O grão da quinoa pode ser utilizado de diversas maneiras: na salada, no arroz, no feijão, no preparo de sopas, refogados, cozidos e carnes.
É um poderoso cereal e tem muito à oferecer para sua saúde.
Rendimento: 4 porções



Quinoa em grãos
http://tudogostoso.uol.com.br/receita/49683-quinoa-em-graos.html
25min
6 porções

Ingredientes
1 xícara de quinoa em grãos
2 xícaras de água fervente
3 dentes de alho
2 colheres de azeite
1/2 cebola picadinha
Sal

Modo de Preparo
Refogue o alho e a cebola no azeite
Acrescente a quinoa, mexa, depois coloque a água, salgue e deixe cozinhar em fogo baixo até secar a água
Depois de pronto dá para fazer tabule também


Quinoa com Leguminhos

Rendimento: 4 porções

100 gr de quinoa em grãos cozida(s)
45 gr de arroz selvagem cozido(s)
90 gr de grão de aveia cozido(s)
90 gr de cevada em grãos
40 gr de cenoura em cubos pequenos
75 gr de zuchine em cubos pequenos
60 gr de alho-poró em cubos pequenos
30 gr de cebolinha verde em fatias finas
30 ml de azeite
2 gr de sal grosso
50 gr de dill

Cozinhar os grãos separadamente em água com sal grosso, no fogo médio, escorrer e reservar (a quinoa deve ser cozida por 14 minutos, o arroz selvagem por 9 minutos e o grão de aveia por 15 minutos). Aquecer o azeite em panela de ferro e em fogo médio . Refogar os vegetais por 1 minuto em fogo brando, mexendo sempre. Acrescentar os grãos. Mexer por 1 minuto ou até aquecer o grão. Montar no centro do prato com o aro.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Conheça a Quinua



Um grão que vem ganhando espaço na mesa do brasileiro


A quinua desembarcou aqui há pouco tempo. Foi a partir de 2004 que ela começou a ser importada do deserto Uyuni, nos Andes bolivianos. O local fica a 3.800 metros acima do nível do mar e no inverno a temperatura pode atingir 30 graus negativos. A quinua plantada em outros lugares não tem as mesmas características nutricionais desta, cultivada em seu local de origem, onde o solo, o clima, os ventos, a salinidade do ar e a altitude são muito peculiares.


A quinua, além de ser ótima fonte de carboidratos de baixo índice glicêmico, vitaminas, minerais e gordura saudável, contém todos os aminoácidos essenciais que nosso corpo não fabrica e que são precursores das proteínas: histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano, valina e arginina.


Essas proteínas, formadas pelos aminoácidos, são indispensáveis para o melhor rendimento e elasticidade das fibras musculares, recuperação de tecidos e células, manutenção dos órgãos, da pele e do sistema imunológico, bem como para a produção de hormônios e enzimas. Geralmente, um legume, uma verdura, um cereal ou uma fruta pode apresentar determinado aminoácido essencial em quantidade significativa e ter carência dos demais. A quinua reúne todos.

Outro diferencial do grão é a presença dos aminoácidos metionina e lisina, típicos de alimentos de origem animal como carne e ovos. Esses dois aminoácidos estão relacionados ao desenvolvimento da inteligência, à rapidez de reflexos e a funções como a memória e a aprendizagem.


Riqueza no prato


A quinua também é uma boa fonte de triptofano, aminoácido ligado à produção de serotonina no cérebro, responsável pela modulação do humor, pela disposição e pelo bem-estar. Por isso, é provável que o seu consumo regular possa ajudar a reduzir a fadiga e a depressão.

A quinua é livre de glúten, isso significa que os celíacos pessoas com intolerância às proteínas presentes no glúten ou pessoas com sensibilidade alimentar ao glúten podem saborear pães, tortas e bolos feitos com a farinha de quinua.

Em relação às calorias, a quinua contém quase a mesma quantidade de calorias do arroz. Cada 100g de quinua crua têm 374 calorias, contra 350 calorias do arroz integral cru. E por ser rica em fibras - até mais que o arroz integral - , a quinua ajuda a aumentar a sensação de saciedade durante as refeições, melhora o funcionamento intestinal e favorece o controle dos níveis de colesterol, glicemia e triglicérides no sangue. Ou seja, pode ser um grande aliado para quem quer emagrecer com saúde.


Quem pode consumir


A quinua não apresenta nenhuma contra-indicação para consumo. É um excelente alimento para crianças que necessitam de um aporte maior de proteínas e carboidratos saudáveis durante a fase de crescimento.

A composição nutricional da quinua a torna um alimento perfeito para ser consumido por atletas antes e depois de exercícios físicos intensos. Por ter baixo índice glicêmico, os carboidratos da quinua são metabolizados mais lentamente, garantindo uma reserva de energia necessária durante o esforço físico. E, devido à presença dos aminoácidos, ela ajuda a reparar o tecido muscular após o treino.

A quinua também pode ser um ótimo complemento alimentar para a gestante, cujo organismo precisa de 11 gramas extras de proteínas diariamente, de forma a atender às demandas do desenvolvimento do bebê. O ideal é que a mulher mantenha esse consumo extra de proteína durante a amamentação até seis meses após o nascimento do bebê.

Dr. Eduardo Gomes é médico geriatra e ortomolecular e dirige a rede de Clínicas Anna Aslan.


Conheça a semente poderosa que virou queridinha da ONU
Saboreada pelos misteriosos povos incas há milênios, a quinua é cheia de nutrientes


Se existisse uma lista de alimentos perfeitos, um grão amarelado de origem andina, cultivado há milênios pelos peruanos e bolivianos, estaria no topo do ranking. Estamos falando da quinua, cereal considerado pela Food and Agriculture Organization (FAO), órgão da ONU para a alimentação, como referência em nutrição. (conheça todos os benefícios que os grãos oferecem à sua dieta)

O valor protéico da quinua real é superior ao dos demais cereais. As sementes contêm 23% de proteínas , explica a nutricionista Fabiana Honda, da Patrícia Bertolucci Consultoria Nutricional, de São Paulo. A quinua carrega cerca de 13 gramas de proteína por 100 gramas do grão. Depois de serem quebradas em aminoácidos pelo metabolismo, elas são responsáveis pela produção de anticorpos de defesa e pela formação dos músculos.

Sabe-se que os campeões em proteína são as fontes de origem animal. Em 100 gramas de peito de frango encontram-se 32 gramas de proteína. Porém, considerando que o grão é um vegetal é um valor considerável para quem quer ter alternativas de substituição protéica na dieta


Outra característica da quinua é exibir doses fartas das gorduras do bem (ômega 3 e 6) e as fantásticas fibras. Esse mix faz o seu coração bater feliz da vida e ainda colabora para controlar a taxa de glicose do sangue. (veja os alimentos que são amigos do peito) A combinação melhora a função intestinal e ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e no controle de diabetes , diz Fabiana. (entenda como o diabetes afeta seu organismo)


A poderosa semente também é rica em quantidade de vitaminas do complexo B, tais como B1, B2, B3, B6. Essas vitaminas participam do metabolismo energético do corpo, na obtenção de energia a partir dos nutrientes, auxiliam na saúde da pele, da visão e no funcionamento do sistema nervoso , esclarece a nutricionista de São Paulo. (melhore sua saúde pondo os alimentos certos no seu prato)

A quinua também carrega vitamina E que, por ser um antioxidante atuando na renovação de células mortas do organismo, fortalece o sistema imunológico e age como um remédio natural na prevenção de doenças. Somam-se às boas notícias o fato do grão não conter glúten, transformando-se em uma ótima pedida para os alérgicos a esse ingrediente.

Para completar, esse cereal dos deuses ainda é cheio de minerais: magnésio, potássio, zinco, manganês e ferro. Assim como em outros vegetais, o ferro presente na quinua não é tão bem absorvido como o ferro das carnes. Para aumentar sua absorção, o ideal é a sua ingestão conjunta com alimentos fontes de vitamina C, como limão, laranja e outras frutas cítricas , recomenda a nutricionista Fabiana Honda. (um prato colorido é garantia de boa saúde)

O grão na cozinha Há diversas maneiras de consumir essa maravilha dos Andes. Nos supermercados e lojas de produtos naturais, você encontra versões em grãos, farinha, flocos e até macarrão à base de quinua, em vez de trigo. Na forma de flocos, ela pode ser misturada a iogurtes, vitaminas de frutas ou sucos naturais. Nas receitas de massas, substitui a farinha de trigo na produção de bolos, tortas, nhoque, macarrão, quiche, biscoitos e ainda incrementa saladas e sopas. A recomendação de consumo é de uma a duas xícaras de chá por dia. (deliciosas receitas de massas, clique aqui)

Diante de tantas opções, você pode fazer sua escolha sem pestanejar quanto ao valor nutricional de cada versão da quinua. A especialista Gabriella Guerrero, da Nutriessencial Consultoria, alerta que para tirar proveito de todos os nutrientes do grão, é importante armazená-lo corretamente, longe da luz e do calor.

Além disso, os grãos não podem passar do tempo de cozimento para não perderem as propriedades na água do preparo . Mas, se você está de dieta, fique atento ao encher seu prato de quinua. Ela é altamente energética. Por isso, moderação é importante para quem está de olho na balança , completa Gabriella.

Valores Nutricionais da quinua (100 g do grão cru)
Calorias: 374 kcal Proteínas: 13,10 g Gorduras: 5,80 g Carboidratos: 68,90 g Fibras: 5,9 g Cálcio: 60 mg Ferro: 9,25 mg Magnésio: 210 mg Fósforo: 410 mg Potássio: 740 mg Sódio: 21 mg Zinco: 3,30 mg Cobre: 0,820 mg Manganês: 2,26 mg Vit. B1 (Tiamina): 0,198 mg Vit. B2 (Riboflavina): 0,396 mg Vit. B3 (Niacina): 2,93 mg Ácido Pantotênico: 1,047 mg Alfa - tocoferol (Vit. E): 2,6 mg
Abaixo, descubra as maravilhas da culinária tendo a quinua como protagonista. As sugestões são da Patrícia Bertolucci Consultoria Nutricional
- Nhoque de quinua - Pão de quinua - Sopa de quinua - Tabule - Saint Pierre com quinua, limão e sálvia

Usos da Quinoa:

A Quinoa pode ser encontrada sob a forma de flocos, grãos e farinhas, além de derivados como macarrão e barras energéticas.

As formas de preparo são variadas.

Os grãos, por exemplo, podem ser incorporados em saladas, bolinhos com legumes ou cozidos da mesma forma que o arroz, podendo substituí-lo.

Flocos podem ser consumidos, principalmente, nas preparações do café da manhã, acompanhando frutas, leite e iogurtes.

Já as farinhas podem fazer parte das receitas de massas, pães, bolos e tortas.

Entretanto, sua imaginação é essencial para criar receitas e agregar esse alimento ao seu dia-a-dia da forma que achar mais agradável.


Os benefícios da quinua são muitos: acelera o metabolismo, evita a produção excessiva de insulina e possui carboidratos de baixo índice glicêmico, que demora mais para ser transformado em açúcar pelo sangue. Além disso, limpa as artérias do coração e combate a anemia. Há quem diga que é bom também para melhorar a memória e a imunidade.

O alimento também é considerado muito calórico! Cada 100 gramas correspondem em média 350 calorias. Por isso, coma de forma controlada! A quinua é isenta de glúten e pode ser recomendada para quem tem intolerância aos alimentos à base de trigo, cevada, centeio e aveia (doença celíaca).

Há uma grande diversidade de tipos de quinua, mas a mais conhecida é a chamada quinua real – tem grãos maiores e só cresce na Bolívia (até o momento). Há quem diga que a quinua real é considerada melhor.

A quinua em grão deve ser colocada em uma panela com água fervente e sal, deixar por quinze minutos. Proporção de duas xícaras de água para uma de quinua. Os grãos triplicarão de volume. Em seguida, peneirar e conservar em geladeira por até três dias. A quinua dessa maneira pode ser utilizada em cozidos, sopas, saladas, tortas, refogados ou como utilizaria grãos de trigo, fazendo quibe, por exemplo.

A quinua em flocos é usada como os flocos de aveia – em salada de frutas, vitaminas, iogurtes e até polvilhado em sopas.

Flocos de quinua no café da manhã

Ingredientes:1 xícara de chá flocos quinua1
1/2 maçã cortada
1/2 xícara passas
1/2 mamão papaia
1/2 colher canela, mel e açúcar mascavo

Modo de Preparo:Junte tudo e acrescente leite.

A quinua em farinha substitui a farinha de soja e pode ser usada na base de pão, macarrão, adicionadas à salada ou ao suco.


E, então? Que tal incluir esse alimento dos deuses na sua alimentação? Se quiser aprender a farinha, acesse: “Farinha de quinua“.
A quinua é classificada como um pseudocereal por não se encaixar totalmente na classificação de cereal ou leguminosa. No Brasil, começou a ser divulgada há cerca de dois anos continue lendo...


Indicações
O público-alvo são:

- os atletas devido ao alto teor de proteína e baixo teor de colesterol;
- as mulheres em menopausa, já que o grão ameniza os sintomas;
- e aos celíacos, pessoas com intolerância ao glúten."apesar de altamente protéica, não possui glúten.

É ótima para substituir o trigo em pão, macarrão, biscoitos e farinhas".

A quinua é rica em lisina, aminoácido que ajuda a fortalecer a imunidade e melhora a memória.
Quinoa escura
Ingredientes:
1 xícara de quinoa
1 dente de alho grande fatiado
1 beringela
8 cogumelos frescos laminados
1 folha de louro
sal integral
rebentos de soja frescos
azeite extra virgem
água
Preparação:
Numa panela deixe dourar o alho no azeite e acrescente a beringela aos pedacinhos. Junte um pouco de água quente. Em seguida junte os cogumelos e deixe cozinhar um pouco. Coloca mais água quente e junta a quinoa. No meio da cozimento junte a folha de louro, os rebentos de soja e temperar com sal.
Deixe acabar de cozinhar
Fonte:
http://www.centrovegetariano.org/receitas/Article-628-Quinoa%2Bescura.html
OBS: Peguei esta receita na internet, mas não sei o que é rebento de soja, quem souber me informe.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Banho com águas termais rejuvenesce a pele e alivia dores pelo corpo

As compressas também são indicadas contra doenças reumáticas

Você já pensou em incluir um banho em águas termais na sua lista de desejos? Se ainda não, é hora de mudar de idéia. Além de ser um mimo delicioso, capaz de derreter qualquer estresse, o banho ainda faz muito pela sua saúde e pela sua beleza (avaliação de beleza). Isso tudo graças aos sais minerais que enriquecem a água vinda desses lençóis subterrâneos. As água termais têm propriedades curativas e embelezadoras , afirma o professor de cosmetologia, Maurício Pupo. Aqui no Brasil, as fontes de São Pedro são as melhores e todo mundo deveria experimentar um mergulho pelo menos uma vez na vida .


Numa entrevista bem detalhada, o professor indica quais os benefícios desse líquido tão especial, dá dicas para você prolongar os efeitos obtidos e ainda ensina como tirar proveito dessa água para se energizar no dia-a-dia e fala por que ela é especialmente recomendada para quem deseja ter uma pele cada vez mais jovem.

1. Qual a diferença entre a água quente do chuveiro (ou da banheira) e as águas termais? A água do chuveiro é uma água pobre, quimicamente tratada, geralmente com pH ácido e proveniente das estações de tratamento. Já as águas termais são águas naturais, com origem nos lençóis aqüíferos subterrâneos milenares, geralmente com pH alcalino, e ricas em sais minerais.

2. Quais as propriedades das águas termais? Elas variam de uma fonte a outra? As propriedades benéficas das águas termais dependem grandemente dos sais minerais que elas contêm. Por exemplo, a água termal brasileira da fonte de São Pedro é muito semelhante às águas termais italianas, ricas em enxofre, lítio e silício. O enxofre ajuda as celulas a se renovarem mais rapidamente, além de combater os microorganismos e as infecções (principalmente nas peles oleosas e seborréicas). O lítio age como hidratante e o silício é um potente reestruturante das camadas mais profundas da pele, conferindo firmeza e prevenindo o envelhecimento). Já as águas termais francesas são ricas em magnésio, mineral determinante para manter a vitalidade do organismo.

3. Quais as mais famosas? E a que se deve esta fama? As águas termais mais famosas do mundo são sem dúvidas a de Sirmine e Tabiano na Itália, Uriage e Saint Honoré na França e Aix-la-Chapelle, na Alemanha. Elas se destacam justamente por serem águas obtidas de fontes naturais e por serem as mais ricas em sais minerais e oligoelementos. Quanto maior a quantidade de sais minerais, maior a capacidade de trazer benefícios à pele e à saúde humana.

4. O Brasil é um bom pólo para quem gosta desse tipo de relaxamento? Por quê? O Brasil possui uma das melhores águas termais do mundo, na cidade de São Pedro. Pena que o brasileiro ainda não tem o hábito de usufruir das propriedades curativas e embelezadoras destas águas.

5. Que tipos de problemas de saúde podem ser aliviados com o banho termal? Estudos científicos muito modernos comprovam os poderes das águas termais no alívio de uma série de doenças, da sinusite às doenças reumáticas, passando pelos problemas respiratórios em geral (especula-se que a melhora venha do vapor). Por outro lado, a crença popular dos antigos curadores diz que as águas termais podem curar ou ao menos aliviar os sintomas de quase todas as enfermidades. Leonado da Vinci já usava a água das fontes italianas para aliviar seu problema de gota.

6. Há algum problema em engarrafar a água para usar depois? Sim, as pessoas sentem os efeitos mesmo depois de uma compressa feita com água termal. Geralmente nos sentimos mais relaxados, mais equilibrados, mais energizados.

7. É indicado beber esta água com fins terapêuticos? Desde que elas sejam declaradas potáveis, não há mal algum no consumo. Aliás, todas as vezes que bebemos água mineral, estamos ingerindo água termal. Só que, geralmente, essas águas minerais que bebemos contêm um teor de sais menores do que as águas termais usadas em cosméticos.

8. O calor das fontes resseca a pele? O calor não resseca, e sim a água quente do chuveiro somada ao sabonete. Por isso, ao sair do banho, a receita é caprichar nos hidratantes. No caso de um banho de água termal quente, dependendo do tempo que se permanecer dentro da água, pode haver ressecamento ligeiro da pele (causada pela remoção da camada de gordura). A solução também será usar um bom hidratante depois. E por que não um hidratante a base de água termal?


9. O rosto também pode ser lavado nesta água mais quente? Sim sem dúvida. A água termal é rica em enxofre que acelera a renovação celular.

10. Depois de esfriar, a água mantém as propriedades? Por quê? Sim, pois os sais minerais ainda estão ali. Somente uma pequena porção de gases é perdida.

11. Alguém deve evitar este tipo de banho? Por quê? O banho com água termal não faz mal a ninguém. Mas pessoas com pressão baixa ou muito alta devem evitar o contato com águas quentes, pois o calor ajuda a pressão a se alterar.

12.Após sair do banho, como agir para que os benefícios sejam aproveitados da melhor maneira? Enxugar a pele com uma toalha de algodão, não usar sabonetes. E, se a pele for muito seca, aplicar um hidratante feito com água termal e com óleos vegetais naturais.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Minhas conservas

Comecei a fazer umas conservas:


Usei mel de laranjeira, castanha do para, passas e damasco


Um estudo da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, atesta que a ingestão diária de duas castanhas-do-pará recentemente rebatizadas castanhas-do- brasil eleva em 65% o teor de selênio no sangue. Mas provavelmente os neozelandeses não usaram o legítimo produto brasileiro. Ora, nós somos sortudos. É que ascastanhas produzidas no Norte e no Nordeste do país são tão ricas em selênio que bastaria uma unidade para tirar o mesmo proveito.

A recomendação é de que um adulto consuma, no mínimo, 55 microgramas por dia, diz a nutricionista Bárbara Rita Cardoso, pesquisadora do Laboratório de Minerais da Universidade de São Paulo.

E com uma unidade da nossa castanha já é possível encontrar bem mais do que isso de 200 a 400 microgramas do bendito selênio. Aliás, o limite de consumo diário do mineral é de 400 microgramas, portanto, não vá com muita fome ao pote.

No caso de uma criança, meia castanha seria suficiente, afirma Silvia Cozzolino, presidenta da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição.
E por que toda essa fama do selênio? Ele é essencial para acionar enzimas que combatem os radicais livres, responde Christine Thomson, a pesquisadora neozelandesa que investigou as propriedades da castanha. O selênio se liga a algumas proteínas já existentes em nosso corpo para formar essas enzimas antioxidantes, descreve, completando, Bárbara Cardoso.


Na ausência dele, as tais enzimas ficam sem atividade e, então, deixam de combater os radicais e ainda desguarnecem as defesas do organismo.
O mineral da castanha também teria um papel especial na proteção do cérebro. É que, com essa capacidade de acabar com a farra dos radicais livres, as células nervosas seriam preservadas, evitando o surgimento de doenças neurodegenerativas com a idade. Justamente por isso, a pesquisadora Bárbara Rita Cardoso começa a estudar os possíveis benefícios do selênio em portadores do mal de Alzheimer. A gente desconfia que nesses pacientes os radicais façam maiores estragos, diz ela.


A tireóide também funciona melhor na presença do selênio, acrescenta Christine Thomson. Isso porque, se não houver esse elemento, ela não consegue produzir direito seus célebres hormônios. O mineral também está intimamente associado à capacidade de o organismo se livrar de substâncias tóxicas, ajudando-o inclusive a expulsar possíveis metais pesados que se alojam nas células.

Uma castanha do pará (rebatizada recentemente como castanha-do-brasil) por dia garante a quantidade mínima de selênio necessária ao nosso organismo, recarregando este mineral que combate o envelhecimento celular e garante uma vida longa e saudável.

Para se ter uma idéia, a mesma quantidade de selênio encontrada em 5g de castanha-do-pará (uma unidade) é encontrada em 3 filés de frango (100g cada), 16 pães franceses (50g cada), 26 camarões (20g cada), 2 latas de sardinha em conserva (130g cada), 10 ostras (33 gramas cada) ou 100 copos de leite (200ml por copo).

O selênio é fundamental para acionar as enzimas que combatem os radicais livres. Além de manter mais ativo nosso sistema imunológico, também acaba por proteger as células do sistema nervoso das doenças neurodegenerativas como Parkinson e Alzheimer.

Como se já não fosse o bastante, o selênio também ajuda a tireóide na síntese de seus hormônios e também está associado à capacidade do organismo de eliminar metais pesados. O excesso deve ser evitado.

A médio e longo prazo, a ingestão diária de mais de 2 a 4 castanhas-do-brasil pode levar à dores de cabeça, unhas fracas e queda de cabelo.

Molho ao pesto


Dobrei a receita :

4 dentes de alho
01 xícara de folhas de manjericão
3 colheres de pinoli ou nozes(eu só tinha este)
1/2 xícara de azeite
Sal a gosto
pimenta do reino a gosto

coloquei tudo no triturador de temperos, esterilizar o vidro e guardei na geladeira.

Na hora de comer acrescente queijo paramezão ou ricota seca temperada.

Pode acrescentar na massa com o molho ao pesto, tomates cerejas e muzzarela de búfala.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Selinho



Ganhei esse selinho da amiga Rosana Albuquerque do blog rapinh.blogspot.com e tenho que responder as perguntas abaixo e indicar cinco pessoas.
Uma música mágica: Flash Dance
Um filme mágico: Ghost.
Uma viagem mágica: Canada
Maquiagem mágica: Rímel preto, lápis , batom
As pessoas que indico para ganhar o selinho.
A todas que quiserem pegar, pois adoro todas e não queria ser injusta com ninguém

Alimentação

Conheça os 10 alimentos que não podem ficar de fora do seu cardápio
Indispensáveis à saúde, leite, soja, nozes e cenoura fazem parte da lista

Você já deve estar cansada de saber que um cardápio balanceado não é importante apenas para o controle do peso. Quando equilibrado, o menu é garantia de boa saúde.



O contrário também acontece. Se você não debruça a devida atenção às suas garfadas, o organismo reclama das mais diversas formas. Para ficar com a primeira opção e desfrutar de um dia-a-dia saudável, a nutricionista do Minha Vida, Karina Gallerani, montou uma lista com os dez alimentos que não podem faltar no cardápio feminino.

Confira os escolhidos, entenda por que você precisa colocá-los no prato e sinta os benefícios no corpo.

Alimento:



Leite

Benefícios: na lista dos melhores fornecedores de cálcio, o leite é indispensável no cardápio feminino. O cálcio é fundamental para a coagulação sanguínea, contração e relaxamento muscular, além da formação de ossos e dentes , fala Karina sobre o papel do mineral. As mulheres, em especial, podem ter a saúde prejudicada quando há uma baixa de cálcio na dieta. De acordo com a nutricionista, elas têm uma pré-disposição à deficiência de cálcio devido à queda de estrogênio na fase do climatério. Isso compromete a mineralização e a manutenção óssea, levando ao agravamento da osteoporose , fala sobre as conseqüências. Recomendação diária: o consumo de cálcio deve estar entre 1.000 a 1.500 mg, sendo representado por quatro a seis porções entre as refeições do dia. A especialista ressalta que o leite e seus derivados desnatados ou com 0% de gordura são os mais indicados para a obtenção do mineral. Opções de substituição: iogurtes, queijos, folhas verdes.



Soja

Benefícios: a soja se destaca como um dos alimentos mais completos e versáteis do cardápio atual. Considerada um alimento funcional, ela fornece diversos nutrientes benéficos ao organismo. Karina diz que a soja é uma excelente fonte de minerais, como ferro, potássio, fósforo, cálcio, e vitaminas do complexo B. Seu consumo é cada vez mais recomendado, principalmente para as mulheres , ressalta a especialista do Minha Vida.

O grande trunfo para as mulheres vem das isoflavonas contidas na soja. Elas são substâncias antioxidantes e exercem uma forte atividade hormonal. As mulheres em fase de pré-menopausa e menopausa podem se beneficiar disso com uma dieta rica em soja , incentiva. Ainda de acordo com Karina, como as isoflavonas são estruturalmente semelhantes ao estrógeno, elas se ligam aos receptores estrogênicos das células e evitam assim, o surgimento dos sintomas indesejáveis da tensão pré-menstrual e do climatério fases em que as mulheres sofrem com a queda do hormônio. Recomendação diária: para notar os benefícios, é preciso consumir, pelo menos, 30g de proteína de soja entre as refeições do dia. Opções de substituição: leite de soja, queijo de soja (tofu), pasta de soja (missô), shoyu, soja torrada, carne de soja.



Nozes

Benefícios: esse tipo de oleaginosa oferece boas doses de selênio, considerado um oligoelemento, já que o organismo precisa de pouca quantidade dele para suprir sua necessidade. O mineral é um antioxidante que atua juntamente com a vitamina E. Entre as funções desempenhadas pelo selênio, destacam-se a participação na síntese de hormônios tireoidianos, a ação antioxidante e o auxílio a enzimas que dependem dele para terem um bom funcionamento , lista a nutricionista. Em outras palavras, ele é essencial para o controle da produção hormonal e para a saúde dos cabelos, pele e visão. A carência de substâncias antioxidantes no menu deixa as células muito mais suscetíveis à ação dos radicais livres, ocasionando a degeneração celular. Karina lembra ainda que é preciso combater a ação dos radicais livres, pois eles são responsáveis pelo declínio da produção de colágeno.



Seu combate ajuda a diminuir o acúmulo de gordura e a aumentar o tônus muscular . Recomendação diária: a quantidade de selênio indicada para pessoas adultas é de 55 mg. Para adicionar nozes à sua dieta sem fazer com que o valor calórico do menu cresça, coma-as no lugar de outros alimentos.

Opte por um pequeno punhado delas em vez de consumir biscoitos ou salgadinhos, por exemplo , ensina a especialista. Opções de substituição: castanhas, avelãs, amêndoas, macadâmias.
Fonte

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Alimentos para combater o mau humor



Dê adeus ao nervosismo, à ansiedade e ao cansaço. Coloque em sua dieta alimentos que têm o poder de estimular o funcionamento do sistema nervoso, acabar com a irritação e espantar a tristeza.

ALFACE:Ótima para amenizar a irritação. O talo tem lactucina, substância quefunciona como calmante. Além disso, é rica em fosfato. A falta desseelemento no organismo causa depressão, confusão mental e cansaço. Use eabuse, inclusive no preparo de sucos desintoxicantes, nas saladas cruas enos chás terapêuticos.

BANANA:Pode acreditar, essa fruta, tão comum em terras brasileiras, diminui aansiedade e ajuda a garantir um sono tranqüilo. Ela tem esses poderes porser rica em carboidratos, potássio, magnésio e biotina. A banana também dá omaior pique porque possui vitamina B6, que produz energia. Não exagere, abanana por conter muita frutose acaba engordando.

ESPINAFRE:A verdura contém potássio e ácido fólico, que previnem a depressão. Alémdisso, espinafre tem magnésio, fosfato e vitaminas A, C e do complexo B, queajudam a estabilizar a pressão e garantem o bom funcionamento do sistemanervoso.

FRUTOS DO MAR:Quer dar um chega para lá na tristeza? Abuse das delícias que vêm do mar.Elas têm zinco e selênio que agem no cérebro, diminuindo o cansaço e aansiedade. Também são boas fontes de proteína e gordura saudável (Omega 3),essencial para o bom funcionamento do coração. Não exagere pois os frutos domar também têm colesterol. Ou seja, faz parte do bom humor o bom senso.

JABUTICABA:Essa frutinha contém ferro - que combate a anemia - e vitamina C, queaumenta as defesas do organismo. Suas vitaminas do complexo B agem comoantidepressivos. Além disso, a jabuticaba é rica em carboidratos, quefornecem energia e, por isso, reanimam. Para que não prenda os intestinos, acada 10 jabuticabas, mastigue (e ingira) uma com casca e tudo.

LARANJA:Rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B, a laranja ajuda osistema nervoso a trabalhar adequadamente. O cálcio, presente em suacomposição, é relaxante muscular e combate o estresse. E essa fruta ainda éenergética, hidratante e previne a fadiga. Opte por consumir a laranja empedaços ou gomos, e evite tomá-la como suco. A laranja é rica em fibras(principalmente a pectina) que são muito benéficas aos intestinos.

OVOS:Os nutrientes dos ovos que garantem o bom humor são a tiamina e a niacina(vitaminas o complexo B), ácido fólico e acetilcolina. A carência deles podecausar apatia, ansiedade e até perda de memória. Dois ovos por semana é umaporção bastante saudável.

UVA:Essa fruta tem boa dose de vitaminas do complexo B, que ajudam nofuncionamento do sistema nervoso. A vitamina C e os flavonóides da uva sãoantioxidantes, que retardam o envelhecimento da pele e ajudam a combater ocolesterol. Além disso, é energética. Use também nos sucos desintoxicantes enas saladas verdes.
Por: Conceição Trucom - mctrucom@ajato.com.br

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Ganhe músculos com a ajuda da dieta





Um bom treino só funciona se você também fizer mudanças no cardápio

A conta é simples: menos gordura corporal e mais músculos é igual ao corpo dos seus sonhos! Mas se a operação é das mais fáceis na teoria, a prática deixa muita gente de cabelo em pé. Isso porque, nem sempre, basta um treino de musculação parrudo para conseguir um corpo mais torneado. Um plano alimentar é parte essencial dessa transformação. (Clique aqui para fazer uma avaliação nutricional gratuita e descobrir a dieta ideal para o seu perfil)

As proteínas estão por trás da mudança. Elas são as unidades estruturais dos músculos, por isso devem estar presentes na alimentação, auxiliando na formação da chamada massa magra. (entenda as diferenças entre todas as proteínas) "Entretanto, as células musculares são compostas tanto de proteínas
como de carboidratos estocados (para fornecer energia durante o treino) e de água, ou seja, é necessário montar uma dieta que inclua os três itens", afirma a nutricionista Gisele Pavin, da Fórmula Academia.

A quantidade de ingestão depende das características individuais de cada um. Sexo, idade, estado de saúde, além da intensidade, duração e freqüência da atividade física praticada interferem na medida.

Recomenda-se para :





indivíduos sedentários a ingestão de 0,8g de proteína por quilo ao dia. Já pessoas ativas podem aumentar a dose: de 1,2 a 1,4g de proteína por quilo estão permitidos diariamente.

"Os atletas que visam a hipertrofia podem aumentar essa quantidade para 1,8g ao dia" , diz Gisele. (veja abaixo as recomendações de cada alimento). No dia-a-dia, o ideal para os freqüentadores de academia é ingerir três gramas de carboidrato para um grama de proteína. Confira nossas sugestões de consumo e, claro, não se esqueça de tomar muita água.

Carne vermelha: é número um em quantidade de creatina, essencial para a construção muscular. Mais: contém ferro, zinco, niacina (vitamina B3) e vitamina B12 - nutrientes cruciais para quem quer resultados.

Quantidade ideal: a carne vermelha deve ser consumida de duas a três vezes por semana. Um bife médio de carne magra tem de 150 a 200 calorias e não compromete a dieta.

Ovo (com gema): é o alimento com o mais alto valor biológico - uma espécie de medida da quantidade de proteína que um alimento é capaz de fornecer ao corpo. É verdade que a proteína da carne é mais eficiente para a construção muscular. Mas a gema, além da proteína, contém a vitamina B12, necessária para diminuir os níveis de gordura e ajudar na contração muscular. Ela também é a melhor fonte de colina, substância que ajuda a dissolver a gordura nas artérias.(saiba mais sobre os benefícios dos ovos)

Quantidade ideal: um ovo com gema equivale a 120 calorias (mas não consuma fritos).

Iogurte: tem aminoácidos essenciais em altas porcentagens e é decisivo no crescimento muscular, porque combina proteína e carboidrato em doses ideais. Um copo fornece 10% da nossa necessidade diária de proteína. A versão com frutas é ainda melhor, porque aumenta os níveis de insulina, uma das chaves para reduzir a perda protéica que costuma acontecer após o exercício.

Quantidade ideal: um ou dois potes de iogurte diariamente, de preferência sem açúcar e sem adoçante, porque esses ingredientes diminuem a ação dos lactobacilos e também o teor de vitaminas do complexo B.

Salmão: é altamente protéico, com grandes quantidades de ômega-3, uma gordura que ajuda na recuperação da massa muscular. (conheça os benefícios do salmão e de outros peixes)

Quantidade ideal: consuma três vezes por semana, mas lembre-se: uma posta ou um filé médio de salmão tem 150 calorias. Para melhor aproveitar os nutrientes, prepare o peixe em baixa temperatura e evite cozinhar demais.

Azeite de oliva: a gordura monoinsaturada ômega-9 tem ação anticatabólica, ou seja, age contra inflamações, que provocam o desgaste e a fraqueza muscular. (diferencie as boas das más gorduras)

Quantidade ideal: use de uma a duas colheres de sopa por dia, em saladas e também para cozinhar. Lembre-se, porém, de que cada colher conta 110 calorias.

Amêndoas: são uma das maiores fontes da vitamina E alfatocoferol, a forma mais bem absorvida pelo corpo e um potente antioxidante, que pode ajudar a prevenir os danos provocados pelos radicais livres após o treino. E, quanto menos agressões praticadas pelos radicais livres, mais rapidamente seus músculos vão se recuperar.

Quantidade ideal: cerca de 15 unidades por dia, no lanche ou na salada. Dica: como dão saciedade, o ideal é comer cinco amêndoas antes do almoço e outras cinco antes do jantar para aplacar a fome.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Refrigerantes "magros" também afetam o peso



Gás da bebida expande o estômago, enquanto o sódio retém liquido

A moda dos refrigerantes zero chegou como um alento para os aficionados pela bebida que encaram a dieta. São diversas variações que não apresentam nenhuma quantidade de açúcar, sugerindo riscos mínimos para o regime.

Outras opções como, os lights e diets, também confundem muitas pessoas, que acabam colocando o sucesso do regime em risco ao consumir doses excessivas da bebida. E será que eles estão liberados mesmo?

O problema é que mesmo nas versões menos calóricas, os refrigerantes se tornam uma ameaça quando o assunto é derrubar o ponteiro da balança ou a escolha de uma vida saudável. Para te ajudar a entender como os eles interferem nos quilos a menos, o MinhaVida conversou com a nutricionista Daniella Camargo, que aponta os principais problemas da bebida.

Confira e descubra porque os sucos devem entrar com tudo no seu menu. Refrigerante na refeição Já não é novidade que beber enquanto comemos, não ajuda em nada no regime, mas de acordo com a nutricionista Daniella Camargo, quando o assunto é refrigerante o perigo aumenta.

"A ingestão de líquidos, principalmente gasosos, dilata o estômago dificultando a digestão e fazendo a sensação de fome reaparecer em poucos minutos", alerta a nutricionista. É aí que o perigo aparece e a ingestão maior de alimentos aumenta.

"Logo depois do almoço já estamos morrendo de fome, já que não ficamos satisfeitos com a refeição, mais sim com a impressão de estômago cheio, graças a ingestão da bebida gasosa", explica. "Dessa forma, abusamos dos petiscos e também comemos mais na refeição seguinte".

Mas, se você acha impossível se alimentar sem colocar nada líquido na boca, a nutricionista dá a dica. "O ideal é não beber nada, ou então optar pelo suco, principalmente cítricas, porque auxiliam na absorção de ferro, encontrado em verduras, leguminosas e carnes, ou ingerir água, que não tem calorias e não engorda", sugere.Zero, diet ou light.


Os problemas dos refrigerantes diet, light ou zero estão ligados, em geral, ao aumento do consumo de sódio. De acordo com a nutricionista Daniella Camargo, ele oferece riscos para saúde e para o regime. "Os refrigerantes zero, diet e light não estão liberados na dieta, porque quando se diminui a quantidade de açúcar no refrigerante, é preciso aumentar a quantidade de sódio para compensar o paladar", diz.

"O sódio em excesso retém líquido, e com isso aumenta o peso, podendo apresentar problemas para saúde do fígado e rins, por exemplo", explica. A especialista explica que uma dose de refrigerante normal apresenta, em média, 10mg de sódio, enquanto, a opção light varia de 28 a 39mg para uma quantidade de 200ml (um copo médio).

"A dose diária recomendada de sódio é de cerca de 1,5g por dia, isso para pessoas que não são hipertensas", explica Daniela Camargo.


Ocasiões especiais De acordo com a nutricionista, o verdadeiro problema é que as pessoas exageram na dose e costumam tomar refrigerante o tempo todo. "Tomar um copo de refrigerante em um aniversário, por exemplo, não é o fim do mundo.

O problema são as pessoas que ingerem, no mínimo, três copos por dia. É ai que os riscos aparecem", diz a nutricionista.

Confira receitas especiais que a nutricionista preparou para te deixar com água na boca e esquecer o refrigerante: Suco de beterraba com pepino ,Chá verde com maçã e hortelã Suco de melancia com gengibre

terça-feira, 11 de agosto de 2009

20 Conselhos de Harvard




As universidades de Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com 20 conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual:



1. Um copo de suco de laranja diariamente para aumentar o ferro e repor a vitamina C.

2. Salpicar canela no café (mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

3. Trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral que tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco.

4. Mastigar os vegetais por mais tempo. Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo têm.

5. Adotar a regra dos 80%: servir-se menos 20% da comida que ia ingerir evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

6. O futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

7. Fazer refeições coloridas como o arco-íris. Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

8. Comer pizza. Mas escolha as de massa fininha. O Licopene, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando os tomates estão em molhos para massas ou para pizza.

9. Limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente. As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10. Realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória... Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova... Leia um livro e memorize parágrafos.

11. Usar fio dental e não mastigar chicletes. Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

12. Rir. Uma boa gargalhada é um mini-workout, um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e os anticorpos.

13. Não descascar com antecipação.. Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer.

14. Ligar para seus parentes/pais de vez em quando. Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã.

15. Desfrutar de uma xícara de chá. O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

16. Ter um animal de estimação. As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores, mas até um peixinho dourado pode causar um bom resultado.

17. Colocar tomate ou verdura frescas no sanduíche. Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School.

18. Reorganizar a geladeira. As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo.

19. Comer como um passarinho. A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.

20. E, por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:
- Comer chocolate: duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.

- Pensar positivamente: pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que ademais pegam gripes e resfriados mais facilmente.

- Ser sociável: pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

- Conhecer a si mesmo: os verdadeiros crentes e aqueles que priorizam o "ser" sobre o "ter" têm 35% de probabilidade de viver mais tempo.Uma vez incorporados, os conselhos, facilmente tornam-se hábitos...


É exatamente o que diz uma certa frase de Sêneca: "Escolha a melhor forma de viver e o costume a tornará agradável!"

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Substituição inteligente



Substitua essa refeição:

3 colheres (sopa) de arroz 73,5 Kcal
1 concha média rasa de feijão 56 Kcal
2 colheres (sopa) de farofa 94,2 Kcal
1 fatia (150 g) de picanha 372 Kcal
Salada de folhas verdes 20 Kcal
2 colheres (sopa) de azeite 144 Kcal
Total: 759,7 Kcal


Por essa refeição:

3 colheres (sopa) de arroz 73,5 Kca
l1 concha média rasa de feijão 56 Kcal
1 posta (150 g) de salmão 231 Kcal
3 colheres (sopa) de legumes cozidos 41 Kcal
Salada de folhas verdes 20 Kcal
1/2 unidade média de mamão papaya 55,8 Kcal
Total: 477,3 Kcal


Dar preferência aos alimentos menos calóricos faz com que a sua refeição possa ter um volume maior, aumentando a saciedade.


Os alimentos com maior volume e com baixa quantidade de calorias são os ricos em água como, por exemplo, legumes, verduras e frutas


Substituição inteligente
Pizza de Catupiry


O maior problema desse sabor de pizza é a elevada quantidade de gorduras que ele possui, fazendo com ele seja o sabor que fica entre os mais calóricos.

Colesterol e gorduras saturadas são as que estão presentes nessa pizza.
Evite-a ao máximo.Valor calórico1 pedaço = 390 calorias



Pizza de Peito de Peru Defumado

Ela está entre as menos calóricas e, por isso, é uma boa opção se o objetivo é emagrecer sem abrir mão da pizza em algum dia da semana.

Diferentemente da pizza de catupiry, ela apresenta menos gorduras resultando em um menor valor calórico.
Valor calórico1 pedaço = 217 calorias


sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A receita ideal para emagrecer? Coma

Quando pensa em emagrecer, sua primeira atitude é eliminar a comida, certo?


Parar de comer o tempo todo, diminuir a quantidade de comida no prato e até pular algumas refeições são as primeiras iniciativas que vêm à cabeça.


O problema é que alguns desses costumes podem retardar o processo de perda de peso, fazendo com que o ponteiro da balança não saia do lugar.

A reeducação alimentar é essencial quando o assunto é dieta.


Mas isso não quer dizer ficar em jejum um atalho para deixar o metabolismo lento e atrair problemas de saúde.

O corpo necessita de nutrientes para realizar suas funções vitais e eles são retirados dos alimentos.

A reeducação precisa ter como meta o consumo de alimentos que tragam estes nutrientes, sem prejudicar a saúde , afirma a nutricionista do Mundo Verde, Flávia Morais.

O jejum, além de enfraquecer todos os sistemas do organismo, ainda causa a perda de massa muscular.

Os músculos são chamados de tecidos inteligentes, ou seja, mesmo em repouso queimam calorias e ajudam quem deseja emagrecer , diz a nutricionista do MinhaVida, Roberta Stella.

Por outro lado, quando o corpo fica muito tempo sem se alimentar, ele reserva uma quantidade de gordura para não prejudicar as funções vitais.

Essa atitude não deixa que o peso diminua e retarda todo o processo do regime. De acordo com a especialista, o ideal é, realmente, diminuir as quantidades e comer mais vezes durante o dia. Evitar frituras é um conselho batido, mas que precisa ser reforçado.


Fracionar os alimentos também mantém nosso corpo trabalhando e o metabolismo mais alto , ressalta Flávia Morais.


Além disso, minha dica é abusar dos nutrientes antioxidantes , que devem ser ingeridos a cada 3 horas. Eles não acumulam no organismo e ajudam no regime , diz.

Fracionando os alimentos



A divisão na hora da alimentação é bem simples.

Barrinhas dentro da bolsa, frutas na geladeira do serviço e lanchinhos saudáveis no meio da tarde ajudam a diminuir a fome das refeições principais.

A sugestão é fazer de 5 a 6 refeições diárias, com pequenos lanches entre as refeições principais (café da manhã, colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia).


Na hora destes lanches opte por frutas ou por oleaginosas como as nozes, amêndoas ou castanhas do Brasil, que são super saudáveis e colaboram com o regime e com a saúde , diz a nutricionista

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Acompanhamento nutricional e psicológico ajudam a recuperar a forma





Embarcar no regime não é uma tarefa fácil mesmo para quem quer perder poucos quilinhos.






É preciso força de vontade e uma dose de disposição.




Mas e quando o corpo precisa perder 20 ou 30 quilos?

Além de motivação extra, pessoas que já ultrapassam os 100 quilos ou estão com o IMC (Índice de Massa Corporal) acima de 39, na faixa da obesidade, precisam de uma dieta bem mais focada, porque somado ao peso que extrapolou, provavelmente, já começam a despontar problemas como diabetes, colesterol alto, hipertensão arterial, entre outras complicações .



"O que precisamos é fazer com que esse indivíduo saia o mais rápido possível desse quadro. Por isso, que eles merecem atenção especial", alerta a nutricionista Flávia Bulgarelli Vicentini, da Casa e Movimento.



De acordo com a especialista, a reeducação alimentar precisa estar em primeiro plano, já que o excesso de peso é, em grande parte, decorrência de erros tremendos cometidos na hora das refeições. "Normalmente, uma pessoa que está na condição de obeso, com risco de complicações, está sedentária e perdeu todo o controle que tem sobre o ato de se alimentar", diz. A nutricionista ensina seis mandamentos imprescindíveis para perder peso e levar uma vida mais saudável.



1.Não deixe o desânimo sabotar a dieta

Imagine perder de 3 a 4 quilos em uma semana, parece milagre, não?

Mas não se iluda com esses números e com a velocidade em que os quilos vão embora. Segundo a nutricionista, isso é muito comum quando pessoas obesas decidem enfrentar o regime, mas é preciso entender que, com o passar do tempo, a perda de peso será bem mais lenta. "No início do tratamento, a pessoa irá perder muito mais do que um indivíduo que está com sobrepeso, porque o gasto energético aumenta conforme o peso e o seu volume corporal.



Depois dessa etapa inicial, o que se espera é uma perda gradativa em torno de 500 gramas por semana", diz a nutricionista.

Mas não deixe isso ser motivo para o desânimo invadir seu programa de reeducação alimentar. Para ganhar motivação, que tal pensar em todos os benefícios que você poderá aproveitar quando estiver mais magro e saudável? "Um bom exercício mental é pensar em coisas que gostaria de fazer se estivesse com menor quantidade de gordura corporal, por exemplo, comprar uma roupa nova e se sentir mais atraente; ter mais disposição para o dia a dia; ter mais credibilidade profissional; melhorar o físico ou ir à praia sem se sentir constrangido", afirma a especialista.



2.Não abandone o prazer das refeições

Um dos grandes dramas para as pessoas que estão acima dos 100 quilos é que como, em geral, elas sentem um enorme prazer em comer, acreditam que a dieta vai minar essa sensação. "O prazer no momento da refeição não precisa acabar, por isso é importante ter um momento reservado no dia a dia dedicado à alimentação.

O que elas precisam fazer é conhecer a imensidade de pratos deliciosos que se encaixam ao regime", lembra Flávia.



3.Mexa-se e empurre o metabolismo

Não adianta botar a culpa no metabolismo toda vez que o ponteiro da balança dá um salto, ainda mais quando a alimentação é altamente calórica e você se exercita quase nada.



"O metabolismo de uma pessoa que está muito acima do peso é parecido com o de uma pessoa que está dentro do peso normal.



Existem algumas predisposições, como no caso de pessoas que tenham os pais obesos e apresentam mais dificuldade de se manter dentro do peso ideal, mas não é por isso que eliminar os quilos extras seja um problema", alerta Flávia Bulgarelli Vicentini.



O ponto de partida, nesse caso, é movimentar o corpo para turbinar a queima de gordura. O fato de estar pesado demais pode ser uma limitação para uma série de exercícios, mas nem por isso elimina outras possibilidades. "A ajuda de um educador físico é fundamental para determinar quais atividades são possíveis para não ocorrerem problemas nas articulações", afirma.



4.Enxergue o lado positivo da dieta

Antes de começar a dieta, já está pensando que fácil mesmo seria apostar em métodos mais drásticos e rápidos de emagrecer, como uma cirurgia?

De acordo com Flávia, as cirurgias são aconselhadas somente para quem corre risco de vida. "Pessoas que têm a indicação de cirurgia são aquelas que chegaram ao extremo da obesidade (IMC maior do que 39,9) e se não perderem peso rapidamente podem chegar a óbito", alerta a especialista.

Vale lembrar que os efeitos pós-cirurgia exigem um esforço tremendo de adaptação física e psicológica.

"Se o paciente não modifica os hábitos alimentares, ele pode voltar a engordar", diz.



5.Aprenda a controlar o apetite

Acha que a vontade de comer é muito mais forte que você? A seguir, confira as dicas da nutricionista para domar esse sentimento.



- Coma com tranquilidade. Sente-se para comer e mastigue devagar. A refeição deve demorar, no mínimo, 20 minutos. Este é o tempo que leva para o seu organismo se sentir satisfeito.



- No momento das refeições (inclusive café da manhã e lanches), deixe os alimentos fora do seu alcance de visão. Sente-se à mesa com o prato feito. Isso evita os beliscos desnecessários.



- Hidrate-se. O organismo demora para enviar a sensação de sede e, muitas vezes, ela é confundida com fome.



- Coma de 3 a 5 frutas por dia. O áçucar da fruta ajuda a inibir a vontade de comer doces, além dessa turma ser ricas em fibras, vitaminas e minerais.



- Consuma verduras e legumes no almoço e no jantar. Varie a cor e o modo de preparo desses alimentos. As fibras auxiliam no processo de saciedade, e as vitaminas e os minerais que eles contêm colaboram com a perda de peso, porque ajudam a diminuir a ansiedade e turbinam o gasto calórico.



- Fique longe das tentações. Se a caixa de bombom fica no armário, fica bem mais complicado resistir a ela. Evite ter em casa alimentos gordurosos e ricos em açúcar, que são os perigos da dieta.



6.Procure trabalhar a mente

Aliar a dieta a um tratamento psicológico ajuda um bocado quando o assunto é perder muito peso.

Esse tipo de acompanhamento é recomendado para quem está desmotivado, com a autoestima baixa e a autoconfiança abalada.

E, com a mente em equilíbrio, o propósito de mandar os quilos embora fica mais firme e incorporado à rotina.

"Além de modificar os hábitos alimentares, as pessoas vão aprender a controlar os fatores emocionais que a levaram a ganhar peso", diz a nutricionista.

Fonte

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Sopas III



Sopas especiais para o inverno


O inverno é a época das tentações que podem prejudicar a manutenção do peso, como os chocolates quentes, trufas e aquele pão quente com manteiga logo pela manhã. Mas é possível estabelecer uma dieta leve e com comidas confortantes mesmo nesta época do ano que, em contrapartida, pode ser o período ideal para perder peso.

Com o frio, o organismo produz mais calor e o metabolismo fica mais acelerado para manter a temperatura do corpo, ou seja, ocorre uma perda maior de calorias. A idéia de que o corpo pede mais comida durante o inverno é uma questão psicológica, sem explicação metabólica alguma.

“A receita para esta época é apostar nas sopas e caldos, a lista de hortaliças que podem ser usadas é imensa, como brócolis, couve, couve-flor, vagem, escarola, broto de abóbora, broto de bambu, beterraba, espinafre, cenoura, e tantas outras. Carnes magras também são excelentes no inverno”, afirma a nutricionista e coordenadora do Programa de Emagrecimento Saudável, Andreia Carrara.

Andreia tem algumas receitas de sopas, tão benvindas nas baixas temperaturas, que podem proporcionar uma perda de peso de forma saudável.

São necessárias algumas considerações gerais para o preparo das sopas. Quando o tempo de cozimento previsto for de 30 minutos, coloque dois litros de água na panela. Se for menos tempo, coloque apenas 1 e 1/2 litro. Considere que verduras e legumes fibrosos como abobrinha, vagem, soltam água. Portanto, não exagere na quantidade de água adicionada ao cozimento. Desta forma economiza-se gás e evita-se maior evaporação da água. Evite destampar a panela. Do contrário, o tempo de cozimento passa a ser maior.

Sopa de feijão branco com ervas

folhas de hortelã
pimenta para decorar
sal a gosto
1 pimenta dedo-de-moça picada
1 xícara (chá) de coentro picado
1 cebola cortada em quatro
1 cenoura cortada em rodelas
1 erva-doce com as folhas picadas
1 xícara (chá) de feijão branco

Canja de galinha 1

noz-moscada a gosto
pimenta-do-reino a gosto
salsinha picada a gosto
2 litros de água
cebolinha picada a gosto
2 cenouras
1peito de frango pequeno
sal a gosto
200 g de arroz

Minestrone

1 cebola média ralada
½ xícara (chá) de espaguete picado
1 colher (chá) de manjericão picado
2 tomates sem pele
3 xícaras (chá) de água fervente
2 dentes de alho amassados
1 xícara (chá) de salsão cortado fino
2 xícaras (chá) de vagem em pedacinhos
1 xícara (chá) de abobrinha em fatias finas
3 cenouras médias em rodelas finas

Sopa creme de abóbora com hortelã

pimenta-do-reino a gosto
sal a gosto
1 xícara (chá) de hortelã picada
1 cebola média picada
4 xícaras (chá) de leite desnatado
1 kg de abóbora-moranga descascada e picada

Sopa de espinafre e grãos

pimenta-do-reino a gosto
sal a gosto
4 colheres (sopa) de arroz
coentro fresco a gosto
1 maço de espinafre
1 folha de louro
1 cebola média picada
2 dentes de alho
150 g de grãos variados (milho, ervilha e grão-de-bico)

Sopa de mandioca com couve

2 colheres (sopa) de cebolinha verde picada 3 folhas de couve finamente picadas
½ kg de mandioca sem casca cortada em pedaços
1 cebola picada
sal a gosto

Sopa de mandioquinha com acelga

1 xícara (chá) de macarrão ave-maria
cheiro-verde
4 xícaras (chá) de acelga picada
2 tomates sem sementes em cubos
2 mandioquinhas grandes em cubos
1 cebola grande em pedaços
½ frango em pedaços

Sopa de lentilha com carne

sal a gosto
1 dente de alho picado
1 cebola picada
2 batatas cortadas em cubinhos
¼ maço de salsinha e cebolinha picados
1 xícara (chá) de lentilha
500 g de carne moída
Fonte

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Oleo de coco

OLEO DE COCO:

O médico Sérgio Puppin lançou o livero “O Milagre de uma Gordura” que também traz receitas e até segredos para emagrecer de forma saudável e definitiva.Para Puppin a população está crescendo, na cintura.

Segundo ele “uma das explicações para este fenômeno é que essas pessoas não ingerem quantidades suficientes de gorduras certas nestas dietas. Vale lembrar que consumimos muito menos gorduras do que nossos avós.

No passado, eles consumiam leite integral, manteiga e carnes gordurosas, e todos eram mais saudáveis e magros.

Mesmo consumindo menos gorduras, aproximadamente 60% da população nos países mais adiantados e emergentes estão com sobrepeso”, explica.Além das propriedades e benefícios presentes no óleo de coco extra virgem, estudos científicos também comprovam sua eficácia para neutralizar e até matar vírus, fungos, bactérias - sobretudo a giárdia e o cryptosporidium – e, possivelmente, outros protozoários como a ameba.

Sérgio Puppin é médico formado pela faculdade de medicina Uni-Rio, pós-graduado em cardiologia, especialista em nutrologia, professor do curso de pós-graduação de medicina ortomolecular da universidade moderna de Lisboa, em Portugal e membro da American Association for the Advanced of Science DC no Estado Unidos.http://www.naturaltech.com.br/2009/codigo/noticias_detalhe.asp?idioma=1&noticia_id=16619

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Emagreça sem mudanças radicais no cardápio





Segunda-feira, começo meu regime é a frase mais repetida por quem deseja eliminar os quilinhos a mais. Passa uma, passam duas, três segundas e nada de começar. E qual o motivo? Preguiça de fazer as mudanças que uma dieta exige para dar certo.



Mas nem é preciso uma mudança radical no cardápio para garantir uma alimentação saudável, que colabore com a perda de peso. Para te ajudar a entender esses pequenos detalhes que fazem o regime ir adiante, o MinhaVida conversou com a Nutricionista Funcional Daniela Jobst, que explica direitinho como você pode aprimorar seus pratos, sem esquecer os alimentos que você adora.



"É um mito acreditar que, para começar um regime, é preciso mudar completamente o cardápio Basta um pouco de bom senso para conseguir um prato delicioso e com uma quantidade menor de calorias do que de costume. Alguns exemplos estão na troca de cereais refinados por integrais como pão e arroz integral", explica a nutricionista.



O açúcar

O açúcar acrescenta muitas calorias que podem ser evitadas. Uma opção é tentar diminuir a quantidade: se você toma um suco de laranja todos os dias com duas colheres de açúcar, comece colocando uma só, com o tempo você vai perceber que a diferença não é tão grande assim. Os adoçantes também são uma boa opção, mas sem exagero.



Os pratos gigantes

Quando o problema está na quantidade de comida, a disciplina é a solução. Não vai ser esforço nenhum diminuir o tamanho do prato se você comer a cada 3 horas. Uma fruta ou uma barrinha de cereais, por exemplo, reduzem o apetite na próxima refeição e, portanto, seu prato também diminui , afirma Daniela Jobst.



De olho no cardápio

Para te ajudar a entender as pequenas mudanças que garantem um cardápio amigo do regime a nutricionista preparou algumas dicas valiosas:



Frutas: Se elas já fazem parte do seu cardápio, nada de colocar quilos e mais quilos de açúcar e derivados. Que tal experimentar sua fruta preferida ao natural?



Cereais refinados: Não é preciso eliminar os cereais das suas refeições, basta trocar os refinados pelos integrais. Com um pouquinho de força de vontade você consegue se acostumar com o sabor rapidinho. Os mais conhecidos são os pães integrais, o arroz integral e macarrão integral.



Carne: Sabe aquelas gordurinhas da carne? Que tal começar a deixá-las de lado? Elas não fazem nada bem para sua saúde e para seu regime.



Refrigerante: Eles são uma delicia, mas os sucos naturais também. Que ta começar a trocar os litros de refrigerantes por sucos naturais? Não custa nada tentar, não é mesmo? As calorias podem ser maiores, mas eles alimentam e não dilatam o seu estômago como faz o gás dos refrigerantes.



Diminua: Frituras, alimentos industrializados e farinhas brancas devem aparecer em quantidades quase nulas na hora da alimentação. Pense nos resultados a cada recusa.

Fonte